domingo, 16 de novembro de 2008

"Não se deliberam sentimentos; ama-se ou aborrece-se, conforme o coração quer. O que lhe digo é que a trate com benevolência; e caso sinta em si algum afeto, não o sufoque; deixe-se ir com ele. Já agora não se pode voltar atrás. Infelizmente!"

2 comentários:

Rayanna. disse...

prefiro NÃO comentar (já comentando, hah!)!

Natália Souza disse...

é...deixar-se ir com os afetos, acho que é a coisa mais certa a se fazer, queria conseguir me permitir mais :x

linda frase, de quem é?

:*