sábado, 30 de maio de 2009

Sobre amizade.

Olhos apertadinhos e personalidade forte, voz rouca e ao mesmo tempo doce. Habilidade de fazer dos momentos mais simples os melhores. Par E ímpar. Compromisso com as questões de honra. Inteligente e "CDF", tem cara de insuportável quando fala ao telefone e é encantadora quando abre um sorriso - AQUELE sorriso. Tem as melhores dicas de filmes e livros, porque sabe exatamente o meu gosto - que, nesse caso, é, se não igual, idêntico. Lava minhas mãos e cuida das minhas sobrancelhas, caso eu precise. Caso eu precise também, está lá - ou melhor, aqui. Sempre. E não importa o nome ou apelido que você já tenha, ela sempre vai inventar um diferente pra te chamar. Falar sobre amizade, é falar sobre você.

2 comentários:

Rayanna. disse...

"E não importa o nome ou apelido que você já tenha, ela sempre vai inventar um diferente pra te chamar.". É engraçado como, às vezes, a gente não precisa nem falar as coisas que faz ou tem mania de fazer, com o tempo, a convivência e a amizade, as pessoas vão descobrindo umas das outras. E não cito apenas isso. E não cito apenas com a gente. Ou melhor, com a gente não é necessário MESMO a troca de palavras/pensamentos. Basta um olhar; aqueeele olhar.. "eu-sei-o-que-você-tá-pensando, renata maria"! E por sinal, nem pense, senão acaba saindo uma questão de honra por ai! oiaheoihae.. Eu fico mesmo sem palavras pra responder a tudo isso que você escreveu, mas fico e sempre fiquei grata a tudo que vem de ti. De uma forma carinhosa, te digo que tô com saudade. Muita saudade!
Amo você, Ná :*

ps: desista da idéia de "CDF", pateta. Terceiro ano não é amigo de ninguém! Hehe

Rayanna. disse...

Ah, e se eu te disser que esses dias tava pensando em postar o "depoimento" que fiz pra você há um tempo atrás, tu não acredita! oiaheoihae.. Momento perfeito; em "resposta"! hehe