quarta-feira, 18 de março de 2009

Eu não quero apenas teorizar -tampouco "parafrasear"- um sentimento. Quero sentir e saber que aquilo é bom - o que é bom, faz bem. Aprende-se, cedo ou tarde, que nem tudo que faz bem é bom. E que nem tudo que faz bem, faz realmente bem. E que tudo é uma questão de tempo. O tempo está na minha mão e eu nem sei o que fazer com ele, se faço ele andar mais rápido ou mais devagar, acabo optando por deixar que ele siga por si - por enquanto. Vou parar por aqui, isso está ficando muito confuso (não é à toa que dizem algo sobre o que é escrito ser reflexo do que se sente/de quem se é). "Eu não quero apenas teorizar -tampouco 'parafrasear'- um sentimento", repito, caso não tenha prestado muita atenção nessa parte (a única parte que acredito haver algum sentido).

Um comentário:

Ariane Regina disse...

nunca sei deixar o tempo seguir,e creio que seja o mais correto a se fazer. ):